O mercado vegano no Brasil

amplie o seu público consumidor

Segundo pesquisa do IBOPE Inteligência (2018), 14% dos brasileiros se declaram vegetarianos, um crescimento de 75% em relação a 2012.

Os não vegetarianos também geram demanda significativa por produtos veganos. Segundo a mesma pesquisa de 2018, mais da metade dos brasileiros consumiria mais produtos veganos se estivessem melhor indicados na embalagem (55%) ou se tivessem o mesmo preço que os produtos que estão acostumados a consumir (60%). Além disso, 63% da população gostariam de reduzir o seu consumo de carnes (Datafolha, 2017).

brasileiros que se declaram vegetarianos
14%
aumento em relação a 2012
75%

De janeiro de 2012 a dezembro de 2017 o volume de buscas pelo termo “vegano” no Google aumentou 1400% no Brasil.

0%
da população brasileira tem algum grau de intolerância à lactose
Fonte:  G1, 2012
0%
das pessoas consumiriam mais produtos veganos se fossem melhor rotulados ou tivesse preço competitivo
Fonte:  G1, 2012
0%
dos brasileiros gostaria de reduzir o consumo de carne 
Fonte: DATAFOLHA, 2017

Hábito de comer do público veg

Você sabia que o consumidor veggie come fora do lar com alta frequência? De acordo com estudo realizado pela Galunion*, 98% do público veggie come fora do lar, sendo que 59% deles comem fora do lar ao menos 2 vezes por semana. Assim como os consumidores que não seguem o vegetarianismo, a principal refeição fora do lar do público veggie é o almoço, em mais de 70% dos entrevistados. Vegetarianos e não vegetarianos, costumam frequentar os mesmos estabelecimentos. O que diferencia os grupos é a ordem em que são citados. Dentro do target veggie, destacam-se os restaurantes de comida saudável e os de culinária variada.

Em qual / quais dos locais abaixo você costuma comer fora de casa?

Comida Saudável
71%
Culinária Variada
61%
Hamburgueria ou Sanduicherias
54%
Pizzarias ou Italiano
53%
Cafeteria / Chás / Sucos
48%
Padarias
44%

*Público Veg: O estudo considera veggie todos os tipos de vegetarianos (lacto-vegetarianos, ovo-vegetariano, ovolacto-vegetariano e veganos).

Qualidade e o frescor dos ingredientes são importantes tanto para vegetarianos quanto para não vegetarianos. A percepção de saudabilidade do prato, no entanto, é fundamental para os vegetarianos e o apelo indulgente não os toca com tanta força como toca os não vegetarianos.

Pergunta: O que você não abre mão quando se alimenta fora de casa?

Vegetarianos

De pratos saudáveis
69%
De pratos feitos com ingredientes de qualidade
56%
De pratos saudáveis
69%
De pratos elaborados com ingredientes frescos
52%
De pratos indulgentes (”eu mereço”)
23%
De pratos feitos especialmente para mim
18%
De pratos elaborados com ingredientes premium
7%
Pratos vegetarianos/veganos/ hambúrguer de soja
6%
Nenhum desses itens é importante pra mim
6%

Não-vegetarianos

De pratos feitos com ingredientes de qualidade
77%
De pratos elaborados com ingredientes frescos
60%
De pratos indulgentes (”eu mereço”)
43%
De pratos saudáveis
38%
De pratos elaborados com ingredientes premium
22%
De pratos feitos especialmente para mim
18%
Nenhum desses itens é importante pra mim
4%
Créditos: Colaboração Galunion
Fonte: Galunion, Consultoria para Foodservice – Estudo sobre o Mercado Vegetariano / 4445 consumidores acessados / 337 respostas totais via painel on line – 2017

O Opção Vegana é um programa da SVB

O programa Opção Vegana foi desenvolvido e é gerenciado pela Socidade Vegetariana Brasileira. Sua criação, desenvolvimento e conquistas em pról do vegetaranismo são possíveis graças a contribuição dos filiados da SVB. Filie-se!

Fundada em 2003, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) é uma organização sem fins lucrativos que promove a alimentação vegetariana como uma escolha ética, saudável, sustentável e socialmente justa.

Junte-se a nós
Sociedade Vegetariana Brasileira ©2020 Todos os direitos reservados